Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/handle/123456789/517
Title: Patogênese de Aspergillus niger e biocontrole da podridão vermelha do sisal por Trichoderma spp.
Authors: Sá, Jefferson Oliveira de
Abstract: O sisal é uma cultura de extrema importância para a região semi-árida do nordeste brasileiro, contribuindo na geração de emprego e renda em regiões com poucas alternativas para a produção agrícola. A podridão vermelha do caule do sisal causada pelo fungo Aspergillus niger é o principal problema fitossanitário da cultura, causando o seu declínio contínuo, expresso em redução da área cultivada, da produção e produtividade. O controle biológico é uma alternativa viável e fungos do gênero Trichoderma spp. têm sido destacados em trabalhos como agentes de controle de diversas fitomoléstias. A cultura do sisal ainda é muito pouco estudada e, para a adoção de medidas de controle da podridão vermelha, torna-se necessário conhecer esta doença. Sendo assim, este trabalho teve os seguintes objetivos: avaliar alguns componentes do patossistema sisal - A. niger, em mudas de sisal e selecionar isolados de Trichoderma spp. para o controle da podridão vermelha do sisal. Constatou-se que os sintomas da podridão vermelha só se expressam em plantas com lesões no caule, e que isolados de A. niger não oriundos de plantas doentes e nem da região sisaleira são patogênicos ao sisal, na presença de lesões no caule, porém com baixa agressividade. Foi desenvolvida a metodologia para testes de antagonismo para a seleção de isolados de Trichoderma spp., por meio da utilização de discos do caule de mudas de sisal como substrato de crescimento de A. niger e Trichoderma spp., e estes testes mostraram existir antagonismo entre esses microrganismos, destacando quatro isolados de Trichoderma spp. como potenciais agentes de biocontrole. Entretanto, quando avaliados em mudas de sisal nas condições ambientais do município de Miguel Calmon, em área produtora de sisal, na região semi-árida da Bahia, esses isolados não apresentaram eficiência em relação ao controle da podridão vermelha do sisal. Palavras-chave: Agaveicutura, Fitossanidade, Semi-árido.
Sisal (Agave sisalana) is a crop of great importance in the semi-arid region of Northeastern Brazil, contributing to the creation of jobs and income in areas with few alternatives for agricultural production. The red rot disease of sisal caused by the fungus Aspergillus niger is the main problem of the crop, causing a continuous decline of the plant, expressed as reduction in cultivated area, production and yield. The biological control is a viable alternative for control of sisal red rot, and fungi of the genus Trichoderma spp. have been pointed out in several studies as biocontrol agents for several plant diseases. There are very few studies about this crop and the definition of disease control methods demands a comprehensive knowledge of the disease. Thus, this work aimed at evaluating some components of the pathosystem sisal - A. niger in sisal seedlings and at selecting isolates of Trichoderma for control of sisal red rot disease. It was observed that disease symptoms only appeared in plants with lesions in the stem, and that isolates of A. niger obtained from the environment, and not from sisal plants, nor from sisal producing areas were pathogenic, although with lower aggressiveness when compared to strains isolated from sisal plants with red rot symptoms. A method for testing in vitro antagonism between A. niger and Trichoderma isolates with the use of sisal stem discs was developed. The in vitro testes allowed the selection of four promising Trichoderma spp. isolates. However, when these isolates were evaluated in the field under the semi-arid environmental conditions of the municipality of Miguel Calmon, they did not efficiently control sisal.
Keywords: Sisal
Sisal – fungos – controle
Agaveicultura – fitossanidade
URI: http://hdl.handle.net/123456789/517
Issue Date: 4-Sep-2013
Appears in Collections:CCAAB - Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias (Dissertações)

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.