Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/handle/123456789/603
Title: Propagação de fruta-pão a partir de estacas de raiz.
Authors: Santana, Hugo Vieira de
Abstract: O objetivo deste trabalho foi verificar a influência de diferentes diâmetros e de concentrações de ácido indolbutírico, no enraizamento e brotamento de estacas raiz de fruta-pão (Artocarpus altilis (Parkinson) Fosberg var. apyrena). Os experimentos foram realizados em casa de vegetação, localizada no Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas da Universidade Federal do Recôncavo Bahia, Município de Cruz das Almas – BA. O primeiro ensaio foi composto por cinco tratamentos (estacas de raíz de 0,25, 0,50, 1,0, 1,5 e 2,0 cm de diâmetro) em delineamento inteiramente casualizado. O segundo ensaio foi conduzido no delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 2x5, sendo dois tipos de estacas de raiz (com 1,0 e 2,0 cm de diâmetro) e cinco concentrações de ácido indolbutírico (AIB) (0,0; 500; 1.000; 1.500 e 2.000 mg L-1). As características avaliadas foram o número de dias para o início do brotamento das estacas; percentagem de brotamento; número de brotos; comprimento de brotos; número de folhas; comprimento de raiz; massa seca da parte aérea; massa seca da raiz; percentagem de enraizamento e percentagem de sobrevivência, avaliadas 120 dias após o plantio, no primeiro ensaio e aos 150 dias no segundo. Os resultados mostraram que o enraizamento de estacas de fruta-pão variedade apyrena é possível a partir de estacas de raiz de 0,25 a 2,0 cm de diâmetro, porém não houve efeito significativo da interação entre concentrações de AIB e os diâmetros das estacas. Os dois tipos de estacas de raízes de 1,0 e 2,0 cm de diâmetro apresentam o mesmo comportamento em relação à possibilidade de enraizamento e brotamento, sendo que não é necessário o uso de AIB para o enraizamento das estacas de raiz da fruta-pão.
The aim of this study was to assess the influence of different diameters and concentrations of IBA, rooting and sprouting of cuttings root of breadfruit (Artocarpus altilis (Parkinson) Fosberg var. apyrena). The experiments were conducted in a greenhouse, located in the Centre of Agricultural, Environmental and Biological Sciences of Federal University Reconcavo, State of Bahia city of Cruz das Almas. The first trial comprised five treatments (root cuttings of 0.25, 0.50, 1.0, 1.5 and 2.0 cm in diameter) in a randomized design. The second test was conducted in a completely randomized factorial scheme 2x5, with two types of cuttings of roots (with 1.0 and 2.0 cm in diameter) and five concentrations of IBA (0.0, 500, 1000, 1,500 and 2,000 mg L-1). The characteristics evaluated were the number of days to the start of the sprouting of the cuttings, budding rate, number of shoots, shoot length, leaf number, root length, shoot dry weight, root dry mass, percentage of rooting and percentage of survival, evaluated 120 days after planting, the first test, and 150 days in the second. The results showed that the rooting of fruit-bread variety apyrena is possible to root cuttings from 0.25 to 2.0 cm in diameter, but there was a significant interaction between IBA concentration and diameter of cuttings. Both types of cuttings of the roots of 1.0 and 2.0 cm in diameter exhibit the same behavior regarding the possibility of rooting and sprouting, and it is not necessary to use IBA for rooting of cuttings root bread-fruit.
Keywords: Frutas tropicais
Fruta-pão
Fruta-pão - cultivo
URI: http://hdl.handle.net/123456789/603
Issue Date: 17-Sep-2013
Appears in Collections:CCAAB - Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HUGO VIEIRA DE SANTANA.pdf404,25 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.