Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/handle/123456789/642
Title: Transpiração em plantas de laranja e manga utilizando sonda de dissipação térmica e balanço de calor
Authors: Vellame, Lucas Melo
Abstract: O presente trabalho teve como objetivo avaliar os métodos da sonda de dissipação térmica (SDT) e do balanço de calor caulinar (BC) na estimativa da transpiração em angueira e plantas jovens de laranja. Os experimentos foram conduzidos na EMBRAPA – Mandioca e Fruticultura Tropical, no município de Cruz das Almas – BA (12º48`S; 39°06`W; 225 m). O trabalho foi desenvolvido com plantas de manga e laranja plantadas em vasos que colocados sobre plataformas de pesagens funcionaram como lisímetros. O método da SDT foi aplicado em plantas de manga em vaso e em condições de campo. Foram confeccionadas sondas de 1, 2 e 3 cm de comprimento. A área condutora do caule foi determinada em ramos e troncos de mangueira de diversos diâmetros de caule por meio da aplicação de corantes. Para minimizar o efeito dos gradientes térmicos naturais foram testados diferentes isolamentos térmicos nas plantas em vaso. A correção dos gradientes térmicos naturais presentes no caule mostrou-se imprescindível para a adequada estimativa do fluxo de seiva (FS) pelo método da SDT em manga. As sondas devem ser instaladas abaixo de uma camada externa não condutora (C) que varia com o diâmetro de caule (D) pela relação C=0,0625D. A área condutora do caule (AS) pode ser estimada pela equação AS=0,667D2-0,006D. Modificando os parâmetros empíricos da equação geral de Granier (FS=0,00017k1,231AS) o desvio médio em relação às medidas lisimétricas foi de -1,4%. O fluxo de seiva pelo método do balanço de calor foi estimado em 2 plantas jovens de manga e posteriormente em 3 lantas de laranja. O método do balanço de calor estima a transpiração diária de forma precisa em intervalos diários subestimando, em média, 4,6% a transpiração diária em plantas de laranja e superestimando, em média, 0,3% no caso das plantas de manga.
This paper had as objective to evaluate the heat dissipation and heat balance methods in the estimate of transpiration in young trees of orange and mango. The experiments had been lead at EMBRAPA - Mandioca e Fruticultura Tropical, Cruz das Almas - BA (12º48`S; 39°06`W; 225 m). The work was developed with mango and orange trees planted in vases that placed on weighting platforms had functioned as lysimeters. The heat dissipation method was applied in mango trees in such a way in vase how much in field conditions. Heat dissipation probes had confectioned with 1 2 and 3 cm of length. The sapwood area was determined in stem of diverse diameter of the application of pigment. To minimize the effect of the natural thermal gradients different thermal shield in the plants in vase had been tested. The correction of the thermal gradients natural gifts in stem revealed essential for the adequate estimate of the sap flow (FS) for the heat dissipation method in mango. The probes must be installed below of not conducting an external layer (C) that varies with the diameter of stem (D) for relation C=0,0625D. The stem sapwood area (AS) can be esteem by D for equation AS=0.667D2-0.006D. Modifying the empirical parameters of the general equation of Granier (FS=0.00017k1.231AS) the average error in relation to the lisimétricas measures was of -1.4% with high precision. The estimates of sap flow for the heat balance method if gave later in 2 young sleeve plants and in 3 plants of orange. The heat balance method esteem the daily transpiration of necessary form in daily intervals underestimating in average 4.6% daily transpiration in orange plants and overestimating in average 0.3% in mango plants.
Keywords: Fruteiras
Fruteiras – fluxo de seiva
Fruteiras – transpiração
URI: http://hdl.handle.net/123456789/642
Issue Date: 19-Sep-2013
Appears in Collections:CCAAB - Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Lucas 2007.pdf1,11 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.