Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/handle/123456789/689
Title: Seleção e propagação de genótipo de umbu-cajazeira (Spondias sp.) da Região Semiárida da Bahia.
Authors: Lima, Marília Souza Salomão de
Abstract: A umbu-cajazeira (Spondias sp.) é uma frutífera importante do Nordeste brasileiro, possibilitando diversificação do agronegócio da fruticultura na região semiárida. Os objetivos deste trabalho foram caracterizar frutos de genótipos selecionados de umbu-cajazeira e avaliar a enxertia sobre umbuzeiro (Spondias tuberosa Arruda Câmara) para a produção de mudas e desenvolvimento em campo. Frutos de dez genótipos oriundos de municípios da região semiárida da Bahia, selecionados a partir de avaliações em dois anos anteriores foram novamente avaliados nos anos de 2010 e 2011 com relação a características físicas, químicas e físico-químicas. Os dados foram submetidos à análise descritiva e de agrupamento, confirmando-se a superioridade dos materiais e identificando-se divergência entre os genótipos, com formação de dois grupos de dissimilaridade. Com base na caracterização dos frutos em quatro anos de produção e a partir da técnica de índice de soma, os genótipos UCSR-45, UCSE-36, USSR-44, UCSB-40 e UCSE-35 foram selecionados para propagação por enxertia sobre umbuzeiro. A percentagem de pegamento foi influenciada pelo genótipo, variando de 40,0% a 87,5%, no entanto, a percentagem de sobrevivência foi alta para todos os genótipos (média de 93,6%). As plantas apresentaram desenvolvimento satisfatório sob condição de campo até os 150 dias após o plantio, sugerindo que a enxertia por garfagem no topo em fenda cheia sobre umbuzeiro pode ser indicada para a propagação da umbu-cajazeira.
The umbu-cajazeira (Spondias sp.) is a very important fruit in the Northeast region of Brazil, broadening the diversification of the fruit agrobusiness in the semiarid region. The objective of the present work was to characterize fruits from selected umbu-cajazeira genotypes and evaluate grafting on umbu trees (S. tuberosa Arruda Câmara) for the production of seedlings and development in the field. Fruits from ten genotypes from counties located in the semiarid region of Bahia, selected from evaluations in two previous years, were evaluated once again in 2010 and 2011 as to their physical, chemical and physico-chemical characteristics. Data was submitted to the descriptive and cluster analysis, confirming the superiority of the genotypes and identifying dissimilarity between them, forming two groups. Based on the characterization of the fruits in four production years and by the indexing range sum, the following genotypes were selected for propagation through grafting on the umbu tree: UCSR-45, UCSE-36, USSR-44, UCSB-40 and UCSE-35. The percentage of success of graft adhesiveness was influenced by the genotype, varying from 40.0% to 87.5%, however, the survival percentage was high for all the genotypes (average of 93,6%). Plants showed satisfactory development under field conditions up to 150 days until planting, suggesting that the cleft grafting in the umbu tree may be indicated for propagation of the umbu-cajazeira.
Keywords: Umbu-cajazeira - Enxertia
Variabilidade genética
URI: http://hdl.handle.net/123456789/689
Issue Date: 22-Sep-2013
Appears in Collections:CCAAB - Programa de Pós-Graduação em Recursos Genéticos Vegetais (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Manuela Ramos da Silva.pdf4,21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.