Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/handle/123456789/693
Title: Reflexão sociológica sobre a produção do patrimônio cultural brasileiro.
Authors: Prado, Marla Michelle Nascimento Portela do
Abstract: Dedicamos pesquisa macrossociológica à produção do patrimônio cultural aplicando os pressupostos teórico–metodológicos do conceito de campo de Pierre Bourdieu. Neste exercício da sociologia reflexiva, nós cercamos as possibilidades do instrumento teórico para o estudo ao tempo que situamos nosso objeto e, no empenho em demonstrar a validade da apropriação teórico-metodológica, investigamos na trajetória da produção a sua formação e autonomização na estrutura social. Justificada a produção pela teoria bourdiana, seu funcionamento como um campo, de tal, nós seguimos investigando a construção de sua estruturação social e fronteiras. Por esta lógica os sujeitos participariam ativamente da estruturação e limitação do campo. Dentro de condições desiguais de poder e por diferentes formas de apropriação das realidades objetivas, eles constroem hierarquias, disputam posicionamentos e constroem valores de legitimidade. Portanto, nesta pesquisa nos valemos de uma abordagem retrospectiva na defesa da produção patrimonial como um campo, e uma perspectiva na investigação de sua lógica na estrutura social. Com a reflexão buscamos demonstrar a participação dos sujeitos no jogo político da negociação de sentidos para a produção patrimonial.
We dedicate this macro sociological research production of cultural heritage with the application of theoretical and methodological assumptions of Pierre Bourdieu's field concepts. In this exercise of reflexive sociology, we probe the theoretical possibilities of the tool and simulataneously contextualize cultural heritage with a commitment to demonstrate the validity of theoretical and methodological appropriation. This leads us to investigate the production trajectory of their training and autonomization in social structure. Justified by Bourdieu's production theory, which works as a field, we follow him in investigating the construction of its social structure and boundaries. By this logic, individuals actively participate in structuring with limited field. Within conditions of unequal power and differing forms of appropriation for objective realities, individuals build hierarchies where competing positions are constructed values of legitimacy. Therefore, in this study, we use a retrospective approach in claiming production as a field, and a perspective of investigation on logic in the social structure. With reflection, we demonstrate that the participation of individuals in political negotiation produces cultural heritage.
Keywords: Patrimônio cultural - Brasil
URI: http://hdl.handle.net/123456789/693
Issue Date: 22-Sep-2013
Appears in Collections:CAHL - Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MarlaPrado_PPGCS-FINAL - OK.pdf5,89 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.