Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/handle/123456789/721
Title: Uso do silício na nutrição da bananeira e no controle do Mal-do-Panamá.
Authors: Conceição, Emília Gabriela Jesus da
Abstract: A cultura da banana possui grande importância econômica e social, sendo cultivada numa extensa região tropical, geralmente por pequenos agricultores. Entretanto, o mal-do-Panamá, reconhecida como uma das doenças mais destrutivas da bananeira no mundo tem causado enormes prejuízos aos produtores de banana. Uma das alternativas testadas para o controle de importantes doenças de plantas, principalmente as fúngicas, é o uso do silício (Si), que tem apresentado efeitos benéficos em várias espécies, proporcionando efetivo controle de doenças em plantas. O estudo para determinar o potencial de utilização desse elemento no controle do mal-do- Panamá, torna-se necessário principalmente quando são consideradas as grandes perdas causadas por Fusarium oxysporum f. sp. cubense (Foc). Nesse sentido, os objetivos deste trabalho foram: 1) Avaliar a absorção e translocação de silício em bananeira e 2) Avaliar o efeito de doses crescentes de silicato sobre a resistência de diferentes cultivares de bananeira ao mal-do-Panamá. A adição de doses crescentes de Si ao solo promoveu alterações nos atributos químicos, corrigindo a acidez do solo, disponibilizado nutrientes como cálcio e magnésio, e silício além de ter aumentado a disponibilidade do fósforo ao solo, elevou a produção da matéria seca da raiz e da parte aérea das plantas de bananeiras. As plantas supridas com Si apresentaram incremento na concentração de potássio, cálcio, magnésio e silício e redução do nitrogênio e do fósforo na parte aérea. As plantas de bananeiras absorveram e translocaram silício para a parte aérea comportando-se como uma planta acumuladora intermediária de Si. A redução da severidade do mal-do-Panamá observada neste estudo foi resultado da adição do silício ao solo.
The banana crop is extensively cultivated in tropical regions, usually by small farmers, hence its economic and social importance. However, Panama disease, caused by Fusarium oxysporum f. sp. cubense (Foc), is known as one of the most destructive banana diseases in the world. It is accounted for tremendous losses to banana producers; therefore, alternatives other than genetic resistance are especially necessary. Silicon (Si) has been shown to provide effective control of fungal plant diseases but so far its effect on banana plants and Foc is not completely understood. In that sense, our objectives were: 1) evaluate the absorption and translocation of silicon in banana, and 2) evaluate the effect of increasing doses of silicate on the resistance of different banana cultivars to Panama Disease. The addition of increasing doses of Si to the soil corrected soil acidity and changed nutrient (calcium, magnesium and silicon) availability as well as increased phosphorus levels in the soil. Moreover, to the dry matter of banana roots and shoots was increased. Plants supplied with Si showed higher concentration of potassium, calcium, magnesium and silicon and reduction of nitrogen and phosphorus in the shoot. Banana plants absorbed and translocated silicon to the shoot and seem to behave as an intermediate Si accumulator. Severity of Panama Disease symptoms in this study was negatively correlated to increasing doses of silicon added to the soil.
Keywords: Banana
Banana - mal-do-Panamá
Bananeira-nutrição
Mal-do-Panamá-controle
URI: http://hdl.handle.net/123456789/721
Issue Date: 24-Sep-2013
Appears in Collections:CCAAB - Programa de Pós-Graduação em Microbiologia Agrícola (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EMILIA GABRIELA.pdf1,18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.