Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/handle/123456789/731
Title: O Estigma da raça: um estudo etnográfico em escola municipal de cachoeira (Bahia.
Authors: Giugliani, Beatriz
Abstract: Com o objetivo de investigar as formas cotidianas de representação da Cultura Negra entre os estudantes em escola pública de ensino fundamental, a dissertação baseia-se em estudo etnográfico desenvolvido entre setembro de 2011 e dezembro de 2012 com o conjunto das crianças de 4ª série de uma Escola da Rede Pública Municipal na cidade de Cachoeira, no Recôncavo Baiano (BA). Busca discutir os processos de reconhecimento da identidade cultural desses sujeitos/atores de nove a doze anos de idade no espaço escolar, como eles se veem, se avaliam, se auto-representam, como representam as diferenças raciais e como representam a cultura negra na escola. No intuito de contribuir com as discussões sobre representação cultural e de raça da criança negra no espaço escolar, essa pesquisa consiste numa análise crítica, considerando a existência do racismo e da desigualdade social no Brasil. Para realização de tal estudo, foi adotada a pesquisa qualitativa, pautada numa abordagem etnográfica, que se constituiu em um trabalho de observação participante e na realização de entrevistas semi-estruturadas. Pretendeu-se, assim, articular as noções de identidade (cultural dos sujeitos), os conceitos de raça e racismo, a criança negra em Cachoeira (BA), e também a escola (o nosso campo) como território de construção de representações e identidades. Nosso contexto, “aparentemente inocente” (Brandão, 2001), é um cenário que muito interfere no complexo processo de construção das identidades e nas relações estabelecidas entre os sujeitos. Esse tempo de escola produz experiências e deixa marcas profundas naqueles que conseguem ter acesso à educação escolar. Acreditamos que, dessa forma, teremos possibilidades reais para construir uma postura política diante da questão racial na educação brasileira, um posicionamento político explícito diante da questão racial que esteja ligado, indissoluvelmente, com as questões sociais, culturais, históricas e políticas de nosso País.
With the objective of investigating the everyday forms of the representation of Black Culture among students in public elementary schools, the study is based on ethnographic research conducted between September 2011 and December 2012, with all the children of 4th grade from a municipal public school in the city of Cachoeira, in the Reconcavo Baiano, Bahia. It discusses the process of recognition of the cultural identity of these subjects/actors, from nine to twelve years-old, at the school environment, how they see, evaluate and represent themselves, how they represent racial differences and how they represent black culture at school. To contribute to discussions on cultural and racial representation of black children in school, this ethnographic work consists in a critical analysis, considering the existence of racism and social inequalities, as well as inequalities of opportunities in Brazilian society. For this study, we adopted the qualitative research, based on ethnographic approach, which has become a work of participant observation with semi-structured interviews. Thus, the aim is to articulate notions of identity [cultural ones of the subjects], the concepts of race and racism, the black child in Cachoeira, Bahia, and also the school [our field] as a territory of the construction of representations and identities. Our context, "apparently innocent" (Brandão, 2001), is a scenario that interferes a lot in the complex process of the construction of identities and the relationships established between subjects. This school time produces experiences and leaves deep scars on those who can have access to school education. We believe that, in this way, we will have a real chance to build a political stance on the issue of race in Brazilian education, an explicit political stance that is linked, indissolubly, with the social, cultural, historical and political concerns of our country.
Keywords: Representação de Raça
Escola Básica
Cultura Negra
Criança Negra
Racismo
URI: http://hdl.handle.net/123456789/731
Issue Date: 17-Oct-2013
Appears in Collections:CAHL - Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BEATRIZ GIUGLIANI.pdf2,88 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.