Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/handle/123456789/882
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Fontes polínicas para Melipona scutellaris Latreille, 1811 (Hymenoptera: Apidae) em uma área de cultivo do cafeeiro na região semiárida da Bahia
Authors: Lucas, Cátia Ionara Santos
Abstract: O estudo teve como objetivo conhecer o potencial do pasto meliponícola e indicar os recursos florais utilizados por Melipona scutellaris Latreille, 1811 (Hymenoptera: Apidae) em uma área de cultivo do cafeeiro na região semiárida do estado da Bahia. O experimento foi conduzido em três períodos distintos, antes (outubro de 2012), durante (novembro de 2012) e após (março de 2013) a floração do cafeeiro. Em cada período foi realizado o levantamento de plantas em floração em um raio de 2.000 m a partir do meliponário instalado na área de estudo. Durante os três períodos entre 05h00 e 18h00 foram coletadas abelhas operárias que retornavam as colônias com cargas de pólen. Nos períodos informados também foram coletadas amostras de mel de potes operculados. Um total de 117 cargas de pólen e 15 amostras de méis foram submetidas ao método de acetólise e em seguida análisadas de maneira qualitativa e quantitativa. No levantamento florístico registrou-se 64 espécies abrangendo 54 gêneros e distribuída em 30 famílias botânicas, sendo a família Fabaceae a que apresentou maior riqueza de espécies. Foram identificados 40 tipos polínicos nas cargas de pólen e 33 nas amostras de méis. Os tipos Poincianella pyramidalis, Coffea arabica, Commelina villosa, Mimosa tenuiflora, Tipo Myrcia, Senna macranthera, Tipo Solanum e Syagrus coronata foram os que mais contribuíram na dieta proteica da M. scutellaris, enquanto que os tipos Eucalyptus e Machaerium na dieta energética. Esses tipos polínicos são altamente atrativos para abelhas do gênero Melipona. O conhecimento da flora local e dos tipos polínicos das cargas de polens e dos méis permite uma caracterização botânica dos produtos da M. scutellaris em área semiárida da Bahia.
This study aimed to assess the potential of beekeeping pasture and indicate the floral resources used by Melipona scutellaris Latreille, 1811 (Hymenoptera: Apidae) in a coffee cultivation area in the semiarid region of Bahia state. The experiment was carried out over three distinct periods, before (October 2012), during (November 2012) and after (March 2013) coffee tree blossoming. In each period, a survey of flowering plants was carried out in a radius of 2.000 m from the meliponary installed in the study area. During the three periods between 5:00 a.m. and 6:00 pm working honeybee returning to the colonies with pollen loads were collected. In periods also informed honey samples were collected operculated pots. A total of 117 pollen loads and 15 honey samples were subjected to acetolysis method and then qualitatively and quantitatively analyzed. The floristic survey recorded 64 species ranging 54 genera, distributed in 30 botanical families, with the Fabaceae family having more representatives. 40 pollen types in pollen loads plus 33 honey samples were identified. The types Poincianella pyramidalis, Coffea arabica, Commelina villosa, Mimosa tenuiflora,, Myrcia type , Senna macranthera, Solanum type and Syagrus coronata were the most representative in M. scutellaris’ protein diet , while Eucalyptus and Machaerium types being more present on their energy diet. These pollen types are highly attractive to bees from the Melipona genus. Knowing the local flora, the pollen types on the pollen loads and the honeys allows a botanical characterization of M. scutellaris’s products from Bahia semiarid area.
Keywords: Abelha sem ferrão - Flora apícola
Meliponicultura - Análise
URI: http://hdl.handle.net/123456789/882
Issue Date: 27-May-2015
Appears in Collections:CCAAB - Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Cátia Ionara.pdf2,85 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.