Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/handle/123456789/891
Title: Variabilidade genética de Melipona quadrifasciata anthidioides (Hymenoptera, Apidae) na região Semiárida da Bahia
Other Titles: Genetic variability of Melipona quadrifasciata anthidioides (Hhymenoptera, Apidae) in the Semiarid region of Bahia
Authors: Souza, Larissa Silva
Abstract: As abelhas indígenas sem ferrão estão entre os principais polinizadores da flora brasileira. A criação racional de abelhas sociais sem ferrão ou meliponicultura surge como uma atividade que atende aos princípios de sustentabilidade promovendo diversificação agrícola e aproveitamento dos recursos naturais de forma viável. No entanto, muitas espécies estão seriamente ameaçadas de extinção em consequência da perda do hábitat e isolamento, causados principalmente pelo desmatamento, uso indiscriminado de defensivos agrícolas e grandes queimadas. O conhecimento da biodiversidade de determinadas espécies e populações é uma ferramenta básica para a sua conservação. A abelha mandaçaia (Melipona quadrifasciata anthidioides) ocupa lugar de destaque entre os meliponíneos para a criação e produção de mel. O presente estudo teve como analisar a diversidade genética de Melipona quadrifasciata anthidioides no estado da Bahia. Foram analisadas colônias provenientes das regiões de distribuição da espécie, onde posteriormente foram manejadas racionalmente no intuito de avaliar a variabilidade genética entre as gerações Parental, F1 e F2. Tal diversidade genética foi verificada por meio de análise molecular utilizando marcadores microssatélites. Ao final deste estudo, verificou-se alta variação genética, evidenciando um alto fluxo gênico entre as populações nos locais de estudo. Quando submetidas à criação racional em meliponários, esta diversidade genética foi mantida, não havendo a perda da variabilidade genética ou endogamia e ausência de diferenciação populacional ao longo das gerações analisadas.
The indigenous stingless bees are major pollinators of flora. The rational creation of social stingless bees or beekeeping emerges as an activity that meets the principles of sustainability by promoting agricultural diversification and exploitation of natural resources in a viable manner. However, many species are seriously endangered as a result of loss of habitat and isolation, mainly caused by deforestation, indiscriminate use of pesticides and large fires. The knowledge of the biodiversity of certain species and populations is a basic tool for their conservation. The mandaçaia bee (Melipona quadrifasciata anthidioides) occupies a prominent place among stingless bees for the creation and production of honey. The present study was to analyze the genetic diversity of Melipona quadrifasciata anthidioides in the state of Bahia. Colonies from regions of the species, which subsequently were managed rationally in order to assess the genetic variability among Parental, F1 and F2 generations were analyzed. Such genetic diversity was verified by molecular analysis using microsatellite markers. At the end of this study, there was high genetic variation, indicating a high gene flow between populations in the study sites. When subjected to rational creation in meliponary this genetic diversity was maintained, with no loss of genetic variability or inbreeding and lack of population differentiation across generations analyzed.
Keywords: Abelha - criação
Abelha – melhoramento genético
Abelha - meliponicultura
URI: http://hdl.handle.net/123456789/891
Issue Date: 28-Oct-2015
Appears in Collections:CCAAB - Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_Larissa Silva Souza_2014_Final.pdf862,32 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.