Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/handle/123456789/916
Title: Melipona asilvai Moure, 1971 (Hymenoptera: Apidae): distribuição potencial, variação morfométrica e diversidade genética
Authors: Lima Junior, Cristovam Alves de
Abstract: O evidente declínio de espécies polinizadoras como as abelhas causado por mudanças climáticas, fragmentação de habitats e manejo inadequado, assim como, a escassez de informações sobre distribuição, dinâmica e diversidade populacional desses indivíduos, tornam necessários estudos para subsidiar programas de manejo e conservação dessas espécies. Dentre essas espécies, as abelhas sem ferrão (meliponíneos) desempenham papel fundamental na polinização de espécies nativas e cultivadas, além de serem criadas em diversas comunidades rurais para incremento de renda dos produtores pela comercialização de seus produtos como o mel. Apesar de tal importância, espécies como a Melipona asilvai Moure, 1971, ainda são criadas de modo extrativista o que tem resultado na redução de colônias e consequente perda de diversidade. Neste contexto, os objetivos deste trabalho foram identificar as áreas de ocorrência natural e potencial distribuição de M. asilvai, além de avaliar suas variações morfométricas e diversidade genética. A distribuição potencial da M. asilvai foi estimada a partir de registros de ocorrência natural desta espécie. As variações morfométricas e diversidade genética da espécie foram realizadas respectivamente com técnicas de morfometria geométrica e utilização de marcadores microssatélites em amostras de 32 localidades de ocorrência natural dessa abelha. Melipona asilvai possui distribuição restrita na região semiárida brasileira e apresenta variações morfométricas e diversidade genética ao longo da sua área de ocorrência natural, sendo as diferenças associadas a variações ambientais e distâncias geográficas entre as populações.
The marked decline of pollinators, such as bees, caused by climate change, habitat fragmentation, and improper management, as well as the scarcity of information on their distribution, population dynamics, and species diversity, make it necessary to carry out studies to support programs targeted at their management and conservation. Stingless bees (meliponines) play a fundamental role in the pollination of native and cultivated plants. In addition, they are bred in several rural communities to improve their income through the trade of products, such as the honey. In spite of such an importance, species like Melipona asilvai Moure, 1971, are still bred in an extractivist way, which has resulted in the decrease of colonies and, consequently, diversity loss. In the present study we aimed at identifying the areas of natural occurrence, estimating the potential distribution of M. asilvai, and assessing its morphometric variations and genetic diversity. We estimated the potential distribution of M. asilvai based on records of natural occurrence. We assessed morphometric variation through geometric morphometry techniques and genetic diversity through microsatellite markers, using samples from 32 localities of natural occurrence. Melipona asilvai is restricted to the Brazilian semi-arid region, and this species shows morphometric and genetic variations over its geographic range. These variations are associated with environmental gradients and the geographic distance between populations.
Keywords: Abelha sem ferrão – Criação
Abelha sem ferrão – Ecologia – Comportamento
URI: http://hdl.handle.net/123456789/916
Issue Date: 13-Jan-2016
Appears in Collections:CCAAB - Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias (Teses)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cristovam Alves de Lima Junior - Dissertação Doutorado.pdf1,76 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.