Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/handle/prefix/1096
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Produção de Single Cell Protein (SCP) por leveduras utilizando o glicerol bruto como fonte de carbono
metadata.dc.creator: Silva, Jucilene Pinto da
metadata.dc.contributor.advisor1: Cazetta, Marcia Luciana
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Silva, Gervásio Paulo da
metadata.dc.contributor.referee1: Cazetta, Marcia Luciana
metadata.dc.contributor.referee2: Silva, Marília Lordêlo Cardoso
metadata.dc.contributor.referee3: Kamida, Hélio Mitoshi
metadata.dc.description.resumo: O glicerol bruto, gerado na proporção de 10% (v/v) durante a produção de biodiesel, pode ser utilizado por microrganismos para sua bioconversão em diversos produtos industriais, como biomassa ou Single Cell Protein (SCP). Este trabalho teve como objetivos avaliar a produção de SCP por leveduras utilizando o glicerol bruto como fonte de carbono, selecionar a levedura mais promissora e otimizar a produção de biomassa e de SCP. As leveduras utilizadas neste estudo foram Aureobasidium pullulans EBJ31, Candida (Metschnikowia) pseudointermedia CAC01, Rhodotorula mucilaginosa CCC31, Wickerhamomyces anomalus CCC32 e Trichosporon asahii EPB13. W. anomalus CCC32 foi a cepa mais promissora para a produção de SCP e foi selecionada para os estudos de otimização da produção de biomassa e de proteína bruta por meio de Delineamento Composto Central Rotacional (DCCR). Foi utilizado uma matriz de planejamento fatorial do tipo DCCR 23 e as variáveis estudadas foram glicerol bruto, NaNO3 e ureia. Após a otimização, a produção máxima de biomassa foi cerca de 20 g/L e a concentração de proteína bruta foi de 33% em 84 h, utilizando 25 g/L de glicerol bruto, 3,5 g/L de NaNO3 e 6,5 g/L de ureia, a 30 °C e 150 rpm. Os resultados indicaram que o glicerol bruto pode ser utilizado como substrato para produção de SCP por leveduras, sendo uma alternativa para agregar valor a esse resíduo. W. anomalus CCC32 apresentou características favoráveis para produção de SCP como crescimento rápido, alta produção de biomassa com alto teor de proteína bruta.
Abstract: Crude glycerol, generated at the rate of 10% (v/v) during biodiesel production, can be used by microorganisms for their bioconversion in several industrial products, such as biomass or Single Cell Protein (SCP). The objective of this work was to evaluate the production of yeast SCP using crude glycerol as a carbon source, and select the most promising yeast and optimize the production of biomass and crude protein. The yeasts used in this study were Aureobasidium pullulans EBJ31, Candida (Metschnikowia) pseudointermedia CAC01, Rhodotorula mucilaginosa CCC31, Wickerhamomyces anomalus CCC32 and Trichosporon asahii EPB13. W. anomalus CCC32 was the most promising strain for SCP production and was selected for the optimization studies of biomass and crude protein production by Rotational Central Compound Design (DCCR). A factorial planning matrix of type DCCR 23 was used and the studied variables were crude glycerol, NaNO3 and urea. After optimization, the maximum biomass production was about 20 g/L and the crude protein concentration was 33% at 84 h, using crude glycerol 25 g/L, NaNO3 3.5 g/L and 6.5 g/L urea, at 30 ° C and 150 rpm. The results indicated that the crude glycerol can be used as a substrate for the production of SCP by yeasts, being an alternative to add value to this residue. W. anomalus CCC32 presented favorable characteristics for SCP production as fast growth, high biomass production with high crude protein content. CAPÍTULO 2 = Este trabalho teve como objetivos avaliar a produção de Single Cell Protein (SCP) por leveduras utilizando o glicerol bruto como fonte de carbono, selecionar a levedura mais promissora e otimizar a produção de biomassa e de proteína bruta. As leveduras avaliadas neste estudo foram Aureobasidium pullulans EBJ31, Candida (Metschnikowia) pseudointermedia CAC01, Rhodotorula mucilaginosa CCC31, Wickerhamomyces anomalus CCC32 e Trichosporon asahii EPB13. W. anomalus CCC32 foi a cepa mais promissora para produção de SCP. A otimização da produção de biomassa e de proteína bruta foi realizada por meio da metodologia experimental Delineamento Composto Central Rotacional (DCCR). Após a otimização, a produção máxima de biomassa foi cerca de 20 g/L e a concentração de proteína bruta foi de 33% em 84 h, utilizando 25 g/L glicerol bruto, 3,5 g/L de NaNO3 e 6,5 g/L de ureia, a 30 °C e 150 rpm. Dessa forma, o glicerol bruto mostrou-se como uma opção de substrato para produção de SCP por leveduras, sendo uma alternativa para agregar valor a esse resíduo. W. anomalus CCC32 apresentou características favoráveis para produção de SCP como crescimento rápido, alta produção de biomassa com alto teor de proteína bruta.
Keywords: Biodiesel
Resíduo agroindustrial
Fungos
Fermentação
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
metadata.dc.publisher.initials: UFRB
metadata.dc.publisher.department: Departamento 1
metadata.dc.publisher.program: PPG1
Citation: SILVA, Jucilene Pinto da. Produção de Single Cell Protein (SCP) por leveduras utilizando o glicerol bruto como fonte de carbono. 2018. 40 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Mestrado em Microbiologia Agrícola, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Cruz das Almas, 2018.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/handle/prefix/1096
Issue Date: 30-Aug-2018
Appears in Collections:CCAAB - Programa de Pós-Graduação em Microbiologia Agrícola (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Jucilene Pinto da Silva.pdf932,99 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.