Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/handle/prefix/1123
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Choqueer de Monstro: Tikal Babado e Pai Amor e os modos de sentir e perceber suas vestes em Cachoeira-BA
metadata.dc.creator: Campos, Baga de Bagaceira Souza
metadata.dc.contributor.advisor1: Cidreira, Renata Pitombo
metadata.dc.contributor.referee1: Barata, Danilo Silva
metadata.dc.contributor.referee2: Pentado Junior, Wilson Rogério
metadata.dc.description.resumo: Esta dissertação está imbuída sobre inquietações que visam à compreensão da dimensão das vestes nos corpos de Tikal Babado e Pai Amor. Na relação entre corpos vestimentados queers e a cidade de Cachoeira, na qual se insere a análise, buscamos abordar três eixos divididos nessa dissertação: o primeiro localiza a discussão em que estão seus corpos na dimensão de humanidade e monstruosidade que emprestam seus corpos adornados socialmente, em seguida convidamos para a discussão em que imperam os processos de violência e resistência acometidos ao corpo dito dissidente conjuntamente com sua expressão vestimentada e de seu caráter político enquanto sujeitxs atuantes, e por fim movimentamos as discussões da sensibilidade de acordo com a proposta discutida ao logo do trabalho sobre os modos pelos quais sentem e percebem a própria vestimenta, não deixando de lado as intersecções vivenciadas por seus corpos, como raça, gênero e sexualidade, e os desejos que permitem as suas cores, formas e texturas na projeção de suas dissidências adornadas. Para potencializar este cenário envolvido na pesquisa, apresentamos fotografias que dão a ver no trabalho a força que impetram as suas armaduras, convocadas aqui no sentido de apresentar a resistência do dito corpo que desobedece às ordens “eficazes” do vestir. A metodologia aplicada ao trabalho foi desenvolvida a partir de entrevistas, segundo as contribuições de Duarte (2005), na elaboração inicial de utilizar essa ferramenta metodológica dentro de uma perspectiva sensível pelo qual xs sujeitxs da pesquisa sentem e percebem sobre a própria vestimenta e como esta relação se insere socialmente. As histórias contadas por elxs e por nós se entrecruzam entre os estudos queers, artísticos, culturais e midiáticos que compõem suas vestimentas. As desestruturações provocadas neste trabalho remetem a um lugar em possamos estabelecer um campo sensível e potencialmente atuante do vestir sobre seus corpos, buscando caminhos que desvirtuem a atuação de formas, como a cisheterosupremacia dos corpos e de suas extensões.
Abstract: This dissertation is imbued with concerns that aim at understanding the size of the garments on the bodies of Tikal Babado and Pai Amor. In the relation between dress bodies queers and the city of Cachoeira, in which the analysis is inserted, we try to approach three axes divided in this dissertation: the first locates the discussion in which their bodies are in the dimension of humanity and monstrosity that lend their bodies socially adorned, then we invite to the discussion in which the processes of violence and resistance affect the dissident body together with its dressing expression and its political character as acting subjects, and finally we move the discussions of the sensibility according to the proposal discussed to the logo of work on the ways in which they feel and perceive their clothing, not leaving aside the intersections experienced by their bodies, such as race, gender and sexuality, and the desires that allow their colors, shapes and textures in the projection of their adorned dissidences. To enhance this scenario involved in the research, we present photographs that show in the work the force that their armor imposes, called here to present the resistance of said body that disobeys the “effective” orders of dress. The methodology applied to the work was developed from interviews, according to the contributions of Duarte (2005), in the initial elaboration of using this methodological tool in the elaboration of a sensitive perspective by which subjects of the research feel and perceive about the dress itself and how this relation inserts socially. The tales told by elxs and by us intersect between the queer, artistic, cultural and mediatic studies that compose their dress. The destructions provoked in this work refer to a place where we can establish a sensitive and potentially active field of dressing on their bodies, searching for ways that detract from the performance of forms, such as the cisheterosupremacy of bodies.
Keywords: Vestuário
Corpo
Violência
Cachoeira (BA)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::COMUNICACAO VISUAL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
metadata.dc.publisher.initials: UFRB
metadata.dc.publisher.department: Departamento 1
metadata.dc.publisher.program: PPG1
Citation: CAMPOS, Baga de Bagaceira Souza. Choqueer de Monstro: tikal babado e pai amor e os modos de sentir e perceber suas vestes em cachoeira-ba. 2019. 142 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Programa de Pós-Graduação em Comunicação: Mídia e Formatos Narrativos, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Cachoeira, 2019.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/handle/prefix/1123
Issue Date: 29-Jul-2019
Appears in Collections:CAHL - Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTABAGA.pdf4,87 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.